Sexta-feira, 06.04.12

ESTAÇÃO XI – Jesus é pregado na cruz

Pregaram-te na cruz, mas, apesar de todo o sofrimento, ainda confias nos que estão ao teu lado. Nunca foste de te preocupar só contigo, com a tua vidinha, mesmo quando todos à tua volta o faziam.

Por isso, ainda agora, consegues arranjar forças para dizeres ao “bom ladrão” que ficou ao teu lado que não te vais esquecer dele e que lhe vais abrir as portas da casa do nosso Abba. Continuas a dar crédito e a não acreditar em rótulos de malfeitores.

Será que também posso aprender a olhar assim?

 

ESTAÇÃO XII – Jesus morre na cruz

“E junto à cruz de Jesus estava sua mãe, e a irmã de sua mãe, Maria mulher de Clopas, e Maria Madalena.

Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho.

Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa.” (Jo 19, 25-27)

 

Jesus, tu que nunca desististe de ninguém, tiveste também quem não desistisse de ti até ao fim.

Será que eu ainda vou a tempo de não desistir do Caminho que a tua vida criou para mim? Apesar das minhas fraquezas, será que posso fazer o que tu fizeste da tua até ao último suspiro?
Será que posso continuar a criar laços de familiaridade entre os que amas?



publicado por Micaela Madureira às 16:25 | link do post | comentar

Quinta-feira, 05.04.12

ESTAÇÃO IX – Jesus cai pela terceira vez

Terceira vez, Jesus, é a terceira vez que cais…

Não consigo ver-te aí no chão, não a ti, que nos levantaste tantas vezes das nossas quedas, que nos seguraste tantas vezes pela mão, que nos libertaste de sermos Anäwin, sim, de sermos pessoas dobradas pelo peso do nosso pecado, das leis injustas ou do pessimismo…

Agora, Jesus, tu vais levar a cruz até ao fim, não te vais deixar ficar aí…Que força é essa que levas em ti?

E nós, Jesus, será que ainda vamos conseguir seguir em frente? Será que vamos encontrar razões válidas para viver e para morrer, sem termos por perto a tua voz, a chamar-nos a ir mais além? Será que aguentamos o peso das pequenas cruzes, nada comparadas com a Tua?
Onde nos firmaremos?

 

ESTAÇÃO X – Jesus é despojado das suas vestes

Pensam que te põem a nu, mas não. Estiveste toda a vida nu, naquela nudez de dentro, naquela nudez de quem não se esconde, naquela nudez do nosso pai Adão, antes de querer mostrar-se e esconder-se conforme desse mais jeito…

Passaste a vida a romper os véus com que te cobriam. Passaste a vida a romper os véus com que cobriam o Rosto do Deus Pai em que crês. Passaste a vida a rasgar os véus que separavam cada um de ver o melhor de si mesmo.

Como podem achar que te estão a pôr nu?

Quem vai agora pôr a nu as nossas feridas, obrigar-nos a olhá-las de frente? Quem vai ajudar-nos a olhar o outro para lá da sua aparência ou da família em que nasceu? Quem vai ajudar-nos a descobrir Deus a cada dia, desnudando-o das roupagens que Lhe vamos
atribuindo sem pedir?  Quem vai ensinar-nos a mostrarmo-nos uns aos outros, numa intimidade construída na confiança de quem se expõe?

 



publicado por Micaela Madureira às 14:39 | link do post | comentar

Quarta-feira, 04.04.12

ESTAÇÃO VII – Jesus cai pela segunda vez

“Mais uma queda!”

“Basta de tanto sofrimento! Até onde pode ir a crueldade humana?”

“Quero ajudar-te mas tenho medo!”

“Levanta-te e mostra que a força de Deus é superior a tudo”

“Onde terás forças para te voltares a levantar?”

“Se eu pudesse acabar com isto…”

 

ESTAÇÃO VIII – Jesus fala às mulheres de Jerusalém

“Jesus, voltando-se para as mulheres, disse: Filhas de Jerusalém, não chorem por mim; chorai antes por vós mesmas, e pelos vossos filhos.” (Lc 23, 28)

Bem sabemos que não são as nossas lágrimas que farão mudar o rumo da história, mas os nossos olhos não podem ficar indiferentes àquilo que vêm e àquilo que o nosso coração sente.
Podíamos estar também nós e os nossos filhos contigo, como estivemos quando falavas às multidões e quando fizeste acontecer milagres, mas apesar de hoje estarmos perto, não estamos contigo, não temos coragem para fazer mais…por isso choramos…por ti e por nós…



publicado por Micaela Madureira às 14:10 | link do post | comentar

Terça-feira, 03.04.12

ESTAÇÃO V – Jesus é ajudado pelo Cireneu a carregar a cruz

Pelo olhar de Simão (posteriormente se tornou um discípulo):

 

Este fez a cama em que se vai deitar e eu tenho de ajudá-lo? Este teve a ousadia de sair da linha e agora queixa-se e eu tenho de carregar a sua cruz? Mas que raio? Eu que levo a minha vidinha certinha, numa boa tenho de levar com isto? Porque não há-de ser outro que não faz nada da vida que tem de redimir os seus pecados a ajudar este aqui?

E ele calado! Nem sequer agradece... Parece até que é ele a ajudar-me a carregar a minha cruz. Parece que é ele a emprestar-me a sua força!

 

(E não será?)

 

Já não me bastam os problemas com os meus ainda levo com os dos outros.

 

(E será que cuidas bem dos problemas dos teus? Os assumes como teus também, porque é dos teus que vem a verdadeira fonte da tua felicidade?)

 

 

ESTAÇÃO VI – Verónica enxuga o rosto de Jesus

Jesus, durante a tua Vida enxugaste as lágrimas, escutaste as mágoas e espantaste os fantasmas que existiam na Vida de muitas pessoas… Talvez se não tivéssemos dado ouvidos às tuas palavras, não terias despertado tanto ódio naqueles que hoje te condenam…
Mas como não poderíamos nós seguir-te? A tua linguagem próxima e ao mesmo tempo tão diferente de tudo aquilo que tínhamos ouvido até agora, parecia mesmo vindo de alguém que não vive só neste mundo, parecia mesmo vindo do nosso Deus… mas agora já não sei o que pensar…És bom e puro e o facto de talvez não seres o Messias, não muda isso. Nem é motivo para te imporem todo este sofrimento! Oh, Jesus, como eu gostava de fazer mais do que enxugar o teu rosto…



publicado por Micaela Madureira às 21:15 | link do post | comentar

Segunda-feira, 02.04.12

ESTAÇÃO III – Jesus cai pela primeira vez

Caiu. Acreditei n’Ele até agora, que ia fazer a diferença, que era diferente dos outros, que tinha tudo o que era preciso para ser seguido e afinal vai acabar assim. E agora caiu.
Afinal não é nenhum super-herói, não tem o poder de suportar tudo, de se enquadrar naquilo que eu sonhei como o Messias, como a luz para o meu caminho.
Afinal caiu também. Como um humano. A imagem de Deus aqui na Terra para mim é afinal um mero humano que cai como eu. Era ele que tinha que me levantar a mim e está agora à espera que eu o levante? Raios, ele não vê que quem precisa dele sou eu e não o contrário?

 

Pois é. Temos os nossos e por vezes achamos que são super-heróis. Que Não caem e estão sempre lá para nós.
Que se vão sempre enquadrar nos nossos parâmetros qual “deuses” ou “máquinas” que não caem, não erram, não falham, são resposta para todos os nossos males.

 

ESTAÇÃO IV – Jesus encontra a sua mãe

Ok... é um homem normal. Mas então porque seguiu este caminho? Vejam só o desgosto duma mãe a ver o filho assim! Porque não seguiu ele os conselhos e desejos dos seus? Eles só queriam o seu bem. Só queriam a sua felicidade. E sabiam como ele poderia ser feliz. Nós
seguimo-lo porque julgávamos ser o filho de Deus. Porque sempre nos ensinaram que isso era o mais importante. Seguir a Deus, e o seu filho. Que raios passou pela cabeça deste homem para ser assim, prevendo que isto ia acontecer... ele não era burro nenhum... o Que o terá chamado? O que seria mais importante que o chamamento dos seus, de quem lhe queria bem? Tinha gente que o amava e decidiu virar-lhes as costas para abraçar uma vida que o conduziria aqui?!



publicado por Micaela Madureira às 16:23 | link do post | comentar

Domingo, 01.04.12

Durante esta Semana Maior da nossa Fé, partilhamos a Via Sacra deste ano.

 

Esperamos que seja um Caminho de Encontro com o Mestre.

 

"Deixa-te pôr em causa.

E se Jesus não fosse o Messias? A tua vida continuaria a fazer sentido? Continuarias a viver do jeito que vives? Achas que vale a pena viver deste jeito? Mudarias alguma coisa no teu jeito de viver?

 

Os discípulos viveram algumas destas incertezas quando Jesus foi morto na cruz. Em que estariam eles a pensar? Será que alguns dos seus pilares da Fé foram abalados?
Será que pensaram em mudar algumas opções de vida?

 

Deixa-te ir, tenta colocar-te no lugar deles... Que estariam eles a sentir? Que certezas foram postas em causa? ...

 

ESTAÇÃO I – Jesus é condenado à morte

Disse-lhes Pilatos: "Que hei-de fazer então de Jesus chamado Cristo?". Eles responderam: "Seja crucificado!". E ele acrescentou: "Mas que mal fez Ele?". Eles então gritaram mais forte: "Seja crucificado!". Então soltou-lhes Barrabás e, depois de ter feito flagelar
Jesus, entregou-O aos soldados para que fosse crucificado (Mt 27,22-23.26).

Que sentido faz tudo isto que se está a passar?
Porque é que estão a julgar aquele que veio dar sentido às nossas vidas, que nos veio mostrar quem é Deus e que opções de vida devemos tomar para que possamos ser felizes?

 

ESTAÇÃO II – Colocam a cruz aos ombros de Jesus

Ele vai mesmo ser posto numa cruz, vão mesmo crucifica-lo. Porque tem ele que passar por uma humilhação destas? Porque é que o estão a julgar desta forma? Então não foi Ele que desceu dos céus para nos salvar? E agora vai deixar-se ser humilhado desta forma? Que sentido poderemos nós dar às nossas vidas, se até a própria vida de Jesus é desonrada desta forma?"



publicado por Micaela Madureira às 22:07 | link do post | comentar

mais sobre mim
Contacta-nos!
Centro.Catequese.Sto.Afonso@Gmail.com
Também podes encontrar-nos aqui:

Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

Via Sacra 2012 - Estação ...

Via Sacra 2012 - Estação ...

Via Sacra 2012 - Estação ...

Via Sacra 2012 - Estação ...

Via Sacra 2012 - Estação ...

Via Sacra 2012 - começand...

links
arquivos

Junho 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

1.º volume (2014/15)

2.º volume (2014/15)

3.º volume (2014/15)

acção de graças

aniversários

boas notícias da semana

catequeses conjuntas

celebrar aqui... ao entardecer

com afonso

desenhos - geral

férias

festas

festival jota

newsletter

profissão de fé

quaresma 2014 - caminhada de oração

retiro

semanário do 1.º volume (2013/2014)

união

via lucis

via lucis 2013

via sacra 2011

via sacra 2012

via sacra 2013

todas as tags

Nº de visitas:
Website counter
subscrever feeds