Terça-feira, 31 de Maio de 2011

"Jesus perguntou a Simão Pedro: «Simão, filho de João, tu amas-me mais do que estes?» Pedro respondeu: «Sim, Senhor, Tu sabes que eu sou deve-ras teu amigo.» Jesus disse-lhe: «Apascenta os meus cordeiros.» Voltou a perguntar-lhe uma segunda vez: «Simão, filho de João, tu amas-me?» Ele respondeu: «Sim, Senhor, Tu sabes que eu sou deveras teu amigo.» Jesus disse-lhe: «Apascenta as minhas ovelhas.» E perguntou-lhe, pela terceira vez: «Simão, filho de João, tu és deveras meu amigo?» Pedro ficou triste por Jesus lhe ter perguntado, à terceira vez: „Tu és deveras meu amigo?‟ Mas respondeu-lhe: «Senhor, Tu sabes tudo; Tu bem sabes que eu sou deveras teu amigo!» E Jesus disse-lhe: «Apascenta as minhas ovelhas. "

 

Senhor, Tu não esperas que estejamos prontos para nos sustentares, nem para nos dares provas da Tua confiança em nós. Vens até nós, aceitas aqui-lo de que somos capazes no momento (e até apenas aquilo de que nos sen-timos capazes) e tornas-Te suporte, rocha firme, para nós, para que tam-bém ajudemos outros a manterem-se de pé nas tempestades.

 

Jesus Crucificado-Ressuscitado, Tu nos sustentas para que sejamos amparo dos irmãos.


tags:

publicado por Micaela Madureira às 22:06 | link do post | comentar

Segunda-feira, 30 de Maio de 2011

"Estavam juntos Simão Pedro, Tomé, a quem chamavam o Gémeo, Natanael, de Caná da Galileia, os filhos de Zebedeu e outros dois discípulos. Disse-lhes Simão Pedro: «Vou pescar.» Eles responderam-lhe: «Nós também vamos contigo.» Saíram e subiram para o barco, mas naquela noite não apanharam nada. Ao romper do dia, Jesus apresentou-se na margem, mas os discípulos não sabiam que era Ele. Jesus disse-lhes, então: «Rapazes, tendes alguma coisa para comer?» Eles responderam-lhe: «Não.» Disse-lhes Ele: «Lançai a rede para o lado direito do barco e haveis de encontrar.»Lançaram-na e, devido à grande quantidade de pei-xes, já não tinham forças para a arrastar."

 

Senhor, quantas vezes os nossos passos nos levam ao desânimo, como uma pesca sem peixes ou uma árvore sem frutos? E quantas vezes, continuamos enroscados no mesmo desânimo, a procurar o peixe no mesmo lado do rio e a esperar o fruto da árvore que não podamos? Muitas vezes, é verdade…mas hoje, ao relermos a história dos primeiros discípulos somos chamados a alargar os horizontes, a ver e a procurar o lado mais fértil, o caminho que nos leva a descobrir que a Vida vale a pena quando a gastamos a criar laços, laços tão fortes que perduram e já não precisam de palavras para serem reconhecidos.

 

Jesus Crucificado-Ressuscitado, conTigo descobrimos o lado mais fértil da Vida.

 

 


tags:

publicado por Micaela Madureira às 23:31 | link do post | comentar

Domingo, 29 de Maio de 2011

 

"Tomé, um dos Doze, a quem chamavam o Gémeo, não estava com eles quando Jesus veio. Diziam-lhe os outros discípulos: «Vimos o Senhor!» Mas ele respondeu-lhes: «Se eu não vir o sinal dos pregos nas suas mãos e não meter o meu dedo nesse sinal dos pregos e a minha mão no seu peito, não acredito.» Oito dias depois, estavam os discípulos outra vez dentro de casa e Tomé com eles. Estando as portas fechadas, Jesus veio, pôs-se no meio deles e disse: «A paz seja convosco!» Depois, disse a Tomé: «Olha as minhas mãos: chega cá o teu dedo! Estende a tua mão e põe-na no meu peito. E não sejas incrédulo, mas fiel.» Tomé respondeu-lhe: «Meu Senhor e meu Deus!»

Disse-lhe Jesus: «Porque me viste, acreditaste. Felizes os que crêem sem terem visto!»"

 

Senhor, caminhar Contigo é sempre causa de perguntas e de dúvidas. Foi-o para os primeiros, como é hoje para nós.

Senhor, queremos agradecer por, muitas vezes, no meio das dúvidas, Te tornares bem mais visível do que antes, através de tantas mediações que pões nas nossas vidas.

 

Jesus Crucificado-Ressuscitado, és fonte de dúvidas que alimentam a nossa Fé.

 


tags:

publicado por Micaela Madureira às 22:26 | link do post | comentar

 

Deus-Família,

Oferecemos-Te estas fotografias que representam a nossa disponibilidade para dar um salto importante na relação que temos contigo. Para nós, este salto é um privilégio e, ao mesmo tempo, uma grande responsabilidade que queremos assumir.



publicado por José Oliveira às 12:35 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sábado, 28 de Maio de 2011

"Soprou sobre eles e disse-lhes: «Recebei o Espírito Santo. 23Àqueles a quem perdoardes os pecados, ficarão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, ficarão retidos.» "

 

 

Jesus, que bela forma de Viver, que jeito maravilhoso de Amar, que fantástica maneira de Ser. Obrigado pelas constantes boas novas que nos trazes, obrigado porque só no Teu Amor o Perdão tem tanto sentido. Obrigado por nos mostrares que vale a pena viver a vida Amando e que tal só é possível se aprendermos a Perdoar.

 

 

Jesus Crucificado-Ressuscitado, Tu mostras-nos a Boa Notícia que é saber Perdoar.


tags:

publicado por Micaela Madureira às 20:04 | link do post | comentar

Sexta-feira, 27 de Maio de 2011

“Jesus apresentou-se no meio deles e disse-lhes: «A paz esteja convosco!» Depois, disse-lhes: «Estas foram as palavras que vos disse, quando ainda estava convosco: que era necessário que se cumprisse tudo quanto a meu respeito está escrito em Moisés, nos Profetas e nos Salmos.» Abriu-lhes então o entendimento para compreenderem as Escrituras.»”

 

Jesus... Ajuda-nos a nunca deixarmos de Te (re)conhecer. Ajuda-nos a ser mais, ajuda-nos a (re)conhecer cada gesto Teu, porque o Amor tem um jeito único e os Teus gestos são apenas reflexo disso mesmo.

 

Jesus, ajuda-nos a reconhecermos-Te nas nossas vidas, sendo sinal que caminhamos para sermos cada vez mais ao Teu jeito. Ajuda-nos a que Te confirmemos constantemente nas nossas vidas.

 

Jesus Crucificado-Ressuscitado, Tu dás-te completamente, para que possamos (re)conhecer-Te nas nossas vidas.



publicado por Luísa Pinto às 00:22 | link do post | comentar

Quinta-feira, 26 de Maio de 2011

“Ao chegarem perto da aldeia para onde iam, fez menção de seguir para diante. Os outros, porém, insistiam com Ele, dizendo: «Fica connosco, pois a noite vai caindo e o dia já está no ocaso.» Entrou para ficar com eles. E, quando se pôs à mesa, tomou o pão, pronunciou a bênção e, depois de o partir, entregou-lho. Então, os seus olhos abriram-se e reconheceram-no.”

 

É com pequenos gestos que nos mostras o Caminho e o Caminho és Tu. É num simples gesto de partir o pão ou num simples olhar que vemos que Tu estás ali no amor dos que Te conhecem e amam. Aos poucos, vamos percebendo que nem sempre o mais facil é o melhor. Mas que, quando confiamos em Ti, Tu fazes maravilhas em nós.

Senhor, ajuda-nos a ter olhos para ver as maravilhas que fazes na Menina dos teus olhos, a Humanidade.

 

Jesus Crucificado-Ressuscitado, descobrimos-Te em pequenos gestos.


tags:

publicado por Luísa Pinto às 00:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 25 de Maio de 2011

"Nesse mesmo dia, dois dos discípulos iam a caminho de uma aldeia chamada Emaús, que ficava a cerca de duas léguas de Jerusalém; e conversavam entre si sobre tudo o que acontecera. Enquanto conversavam e discutiam, aproximou-se deles o próprio Jesus e pôs-se com eles acaminho; os seus olhos, porém, estavam impedidos de o reconhecer. “

 

Senhor, quantas e quantas vezes andamos para trás? Quantas e quantas vezes deixamos que os problemas das nossas vidas sejam maiores do que o nosso Crer em Ti? Quantas vezes voltamos à comodidade das nossas vidas sem vermos mais longe? Peço-te, Senhor, que sempre que descaminhemos, Tu nos faças ver que somos maiores quando acreditamos que conseguimos não descaminhar, porque somos maiores sem medo.

 

Jesus Crucificado-Ressuscitado, encontramos-Te no nosso (des) caminhar.


tags:

publicado por Luísa Pinto às 14:00 | link do post | comentar

Terça-feira, 24 de Maio de 2011

 Maria estava junto ao túmulo, da parte de fora, a chorar. Sem parar de chorar, debruçou-se para dentro do túmulo,e contemplou dois anjos vestidos de branco, sentados onde tinha estado o corpo de Jesus, um à cabeceira e o outro aos pés.Perguntaram-lhe: «Mulher, porque choras?» E ela respondeu: «Porque levaram o meu Senhor e não sei onde o puseram.» dito isto, voltou-se para trás e viu Jesus, de pé, mas não se dava conta que era Ele.  E Jesus disse-lhe: «Mulher, porque choras? Quem procuras?» Ela, pensando que era o encarregado do horto, disse-lhe: «Senhor, se foste tu que o tiraste, diz-me onde o puseste, que eu vou buscá-lo.»Disse-lhe Jesus: «Maria!» Ela, aproximando-se, exclamou em hebraico: «Rabbuni!» - que quer dizer: «Mestre!»Jesus disse-lhe: «Não me detenhas, pois ainda não subi para o Pai; mas vai ter com os meus irmãos e diz-lhes: ‘Subo para o meu Pai, que é vosso Pai, para o meu Deus, que é vosso Deus.»”

 

Senhor, queremos entrar conTigo para o lado de dentro da Vida. Sabemos que só vamos conseguir fazê-lo quando percebermos o Teu chamamento pessoal.

Senhor, ajuda-nos a maravilharmo-nos com a notícia de que a Tua Ressurreição não é a epopeia de um sobrevivente, mas é o acontecimento pelo qual passamos a fazer parte da Tua Família, da Família de Deus-Amor. Ajuda-nos a mergulhar confiados nesse Mistério, que não é Enigma, mas Mistério que só Tu podes revelar-nos.

 

Jesus Crucicificado-Ressuscitado, Tu Te tornas presente de maneira pessoal a cada um.

 


tags:

publicado por Micaela Madureira às 21:03 | link do post | comentar

Segunda-feira, 23 de Maio de 2011

"Maria Madalena, correndo, foi ter com Simão Pedro e com o outro discípulo, o que Jesus amava, e disse-lhes: «O Senhor foi levado do túmulo e não sabemos onde o puseram.»Pedro saiu com o outro discípulo e foram ao túmulo.Corriam os dois juntos, mas o outro discípulo correu mais do que Pedro e chegou primeiro ao túmulo.Inclinou-se para observar e reparou que os panos de linho estavam espalmados no chão, mas não entrou.Entretanto, chegou também Simão Pedro, que o seguira. Entrou no túmulo e ficou admirado .”

 

Senhor, ajuda-nos a correr para Ti e a saber também parar quando é preciso.

Ensina-nos a difícil tarefa de percebermos que o essencial da Vida não se joga no que morre, mas sim naquilo que é ao Teu jeito, naquilo que pode ser tornado Teu Corpo. Porque por muitos membros que o Corpo tenha, o Sangue que o anima é um só, ajuda-nos, Jesus, a deixarmos que o Amor, ele que chega sempre primeiro, nos conduza.

 

Jesus Crucificado-Ressuscitado, Tu nos fazes não ficar pela casca da Vida.


tags:

publicado por Micaela Madureira às 21:48 | link do post | comentar

Domingo, 22 de Maio de 2011

 

«Há um só pão, fazemos parte de um só corpo»

  «Há um só pão, formamos um só corpo»

 

 

Obrigado, papá:

 

Por estares a meu lado e por estares dentro do meu coração.(Mariana)

 

Pela etapa que eu fiz até aqui, pelo percurso que fiz até hoje.(Pedro)

 

Por aprender mais coisas boas sobre ti.(Diogo)

 

Por até agora sermos uma família e por partilhares a nossa vida.(Andre O.)

 

Por estarmos sempre contigo, por te partilharmos com a nossa família, amigos e catequistas.(Inês)

 

Por me convidares a partilhar contigo o pão.(David)

 

Por estares ao pé de mim quando preciso.(Barbara)

 

Por tudo que me dás.(Sofia)

 

Por ter uma família.(Rubén)

 

Por ter uma mãe um pai que me ajudam quando estou sozinha. Sem eles eu não era amor.(Daniela)

 

Por me dares tudo o que eu quero e por estares sempre comigo.(Bruno)

 

Por me dares a força que preciso para continuar a minha caminhada contigo.(André C.)

 

Papá, agradecemos-te também pelo Pe. Santos que foi para nós grande mediação do te amor e porque ele nos ensinou que:

 

Eu tenho um amigo que me ama, que me ama, que me ama;

Eu tenho um amigo que me ama seu nome é Jesus

 

 

                                                                                                                            3º volume



publicado por Hugo Pena às 23:22 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Terminado o sábado, ao romper do primeiro dia da semana, Maria de Magdala e a outra Maria foram visitar o sepulcro.Nisto, houve um grande terramoto: o anjo do Senhor, descendo do Céu, aproximou-se e removeu a pedra, sentando-se sobre ela.  O anjo tomou a palavra e disse às mulheres: «Não tenhais medo. Sei que buscais Jesus, o crucificado;não está aqui, pois ressuscitou, como tinha dito. Vinde, vede o lugar onde jazia e ide depressa dizer aos seus discípulos: ‘Ele ressuscitou dos mortos e vai à vossa frente para a Galileia. Lá o vereis.’»

 

Jesus Crucificado-Ressuscitado, parecia que, naquela sexta-feira da Tua crucificação, tudo tinha acabado! 

Tinha acabado o tempo de libertação, tinha acabado o tempo de alegria para aqueles a quem, tantas vezes dizendo que era em nome de Deus, só davam más notícias, tinha acabado a Esperança e o Sonho de uma Humanidade renascida…

Só ao terceiro dia é que os corações dos Teus discípulos (re)começaram a acordar…

(Re)começaram a acordar, sentindo dentro de si um terramoto. Primeiro, certamente, terá sido só aquele som da terra que os ouvidos humanos não conseguem ouvir, mas, depois, foi-se tornando abalo mesmo, daqueles que deitam todas as certezas abaixo e começam a construir um Reino de Perguntas.

Será que tinham estado enganados todo o tempo quanto a qual era a Tua Missão?

Será a Tua Morte não tinha sido o ponto final na Tua História?

Será que a Tua Vida tinha correspondido exactamente à Vontade do Pai, ao Seu Sonho eterno?

Também somos Teus discípulos, Jesus Crucificado-Ressuscitado, e queremos que a Tua Vida engula as nossas certezas e nos ponha a caminho das nossas Galileias.

 

Jesus Crucificado-Ressuscitado, a Tua Vida abala as nossas certezas e põe-nos a caminho.

 


tags:

publicado por Micaela Madureira às 19:48 | link do post | comentar

Sábado, 21 de Maio de 2011

Hoje, reunimo-nos em Comunidade, para celebrar um "Caminho de (re)descoberta e envio".

Depois de, ao longo do ano, termos experimentado as dúvidas, o desânimo, a fuga dos primeiros discípulos e as nossas próprias dúvidas, o nosso próprio desânimo e as nossas fugas. Depois de termos experimentado Deus a congregar-nos, a reunir-nos, a fazer-nos irmãos de um número incontável de seres humanos. Depois de termos saboreado que tudo começou há quase 2000 anos, quando os discípulos, ainda profundamente marcados pelo desânimo da morte injusta e incompreensível do seu Mestre, se reuniram e começaram a experimentar que, afinal, a história ainda não estava terminada...

 

Depois de todas estas (re)descobertas que nos impelem para a frente, que nos animam, reforçam e enviam, quisemos fazer da Via Lucis um sinal de que continuamos sempre a caminho, à procura de novos traços do Rosto de Jesus Crucificado-Ressuscitado. Descobri-lo gera em nós a fonte da Gratidão, que nunca se fecha em si mesma, mas gera Enviados.

 

Esta tarde, fizemos este caminho com aqueles que puderam estar presentes. Agora, é tempo de o partilharmos com todos os que o queiram fazer.

 

Por isso, nos próximos dias, vamos partilhar uma Estação por dia. Assim, podemos saborear cada uma calma.

 

Hoje, só para começarmos, ficam os cânticos que nos acompanharam e uma pequena oração que fizemos para ir pondo o coração a jeito.

 

Como nota prática, queremos apenas avisar que, nos próximos dias, os textos bíblicos foram um bocadinho cortados, mas que a referência que aparece no cimo de cada estação remete para o texto completo dessa estação.

 

 

Bom Deus, sentimo-nos encantados por, quase 2000 anos depois, continuarmos a experimentar como novidade que Tu ressuscitaste Jesus.

Dizermos, proclamarmos, que o fizeste não pode deixar de nos fazer perguntarmo-nos se, muitas vezes, não dizemos cedo demais que é impossível, que não vale a pena, esquecendo-nos que a Palavra definitiva é Tua.

Proclamá-lo é também perguntarmo-nos se, muitas vezes, não nos esquecemos de qual foi o Programa concreto de Vida que Tu certificaste, qual foi a Vida que Tu carimbaste e assinaste por baixo, e qual é o jeito ao qual estamos chamados a viver.

Por isso, Bom Deus, hoje, Te pedimos que nos ajudes a fazer deste caminho sinal de um Caminho maior, que queremos trilhar em comunhão  com Jesus Crucificado-Ressuscitado.

 

 

 


tags:

publicado por Micaela Madureira às 21:06 | link do post | comentar

Quinta-feira, 19 de Maio de 2011

Olá Comunidade!

 

 

Antes da Páscoa vivemos de forma intensa e em jeito de Comunidade o caminho de Jesus até ao Sepulcro na nossa Via Sacra. Na Páscoa celebramos felizes e jubilosos a Re-Surreição do nosso grande irmão. Agora, após toda a euforia, é altura de nos questionarmos de forma séria e comprometida sobre o que nos trouxe este Cristo Jesus Crucificado-Ressuscitado, e em que é que isso muda as nossas vidas. Para tal o grupo de catequistas decidiu organizar, uma Via Lucis, Via de Luz, este ano para toda a Comunidade. Consiste num caminho onde iremos mergulhar no mistério da Vida deste nosso Jesus, um caminho de Luz sobre a Verdade trazida por Ele. 

Gostávamos de contar com a presença de todos vós, assíduos leitores do nosso blog. Reunidos conseguimos ser mais, muito mais. 

 

Vemo-nos Sábado, às 15:30h!

 


tags:

publicado por Ricardo Silva às 00:31 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Quarta-feira, 18 de Maio de 2011

 

 


Jesus, muito, muito obrigado por nos mostrares este Deus Abbá maravilhoso. Agredecemos-Te por nos contagiares com a tua alegria quando falas do nosso Papá através das historias que as nossas catequistas nos contam, pelos gestos dos nossos pais e pelo carinho dos nossos amigos. Que belas formas de mostrar a grandiosidade do Amor do nosso Papá.

Abba, queremos agradecer-Te, também por esta festa, e por estares sempre disposto a fazê-la com os teus filhinhos. Como foi bom Te irmos descobrindo durante estes dois anos de catequese, descobrir o quão encantador é Abbá, Viver no Teu Amor, Viver de forma a marcar a Vida dos outros, como Tu mesmo nos ensinas-Te.

Obrigado por nos dares oportunidade de caminhar Contigo, de sermos membros activos no Teu Reino de Amor, e de nos provares sempre que neste Reino, que é Teu, não existem restrições, Tens sempre um lugar muito Especial para cada um de nós. Que Amor tão grande que transforma as nossas Vidas!

 

 

 

 

Amamos-te muito, Papá.



publicado por Vânia Pena às 20:58 | link do post | comentar

Segunda-feira, 16 de Maio de 2011

 



Hoje temos que te dar graças por esta grupo que não quis ficar no conforto do sofá e acordou cedo aos Domingos, só para vir conhecer este amigo chamado Jesus.


Um Amigo com tantas histórias que não nos fica indiferente e nos transforma o coração.
E com um pai tão acolhedor que nos faz ousar chama-lo de nosso pai também. E da forma mais carinhosa possível... Não é ABBA?
Nunca pensei que todos os pormenores das tuas histórias fossem ser grande razão do crescimento deles... e foi tão fofinho ver eles sentirem tudo isto, todos os sorrisos, todas as suas partilhas...
E ainda quando se mostravam surpreendidos com as aventuras de Jesus, e ainda a curiosidade que mostram em querer saber mais de ti.


Como é bom emprestamos a boca por momentos e ser mediação de tudo isto, e ver que estes pequenos que já são um Grande Grupo não se contentam em ser cristãos ao Domingo e contam estas histórias também em casa, e na escola. E o melhor é quando chegam á nossa beira e nos dizem que durante a semana, antes de dormir, falavam contigo e te contavam segredos.
Um MUITO OBRIGADO, Abba, por termos tantas coisas bonitas para agradecer.
E já agora…


           " Juntos somos um grupo, e somos Filhos de Deus! "

 

 



publicado por Ricardo Lima às 20:33 | link do post | comentar

Domingo, 15 de Maio de 2011

Hoje, foi dia de mais uma catequese conjunta.

Como sempre, colocou-se-nos aquele grande desafio que é encontrarmos palavras para dizer o essencial da nossa vida.

Desta vez, quisemos fazer perguntas, mais do que contar histórias ou "ensinar" alguma coisa. Simplesmente, fomos lançando perguntas.

 

Começamos por olhar um bocadinho para aquilo que foram as outras catequeses conjuntas deste ano, para podermos agora ir mais além. Redescobrimos que o Desânimo (acompanhado/agravado pela separação) fez parte da experiência pascal dos discípulos que caminharam historicamente com Jesus. Depois, foi tempo de Envio. Envio que não ficou lá atrás, há 2000 anos, mas que continua a acontecer aqui e agora.

 

As perguntas que partilhámos (ainda que não sob esta forma) e que também queríamos deixar aqui foram as seguintes:

 

- O que esperavam os discípulos ao entrarem com Jesus em Jerusalém?

- Era que Jesus fosse preso, crucificado e morresse?

- Como se sentiram quando Ele foi preso, crucificado e morreu?

- Questionaram ou não que Jesus fosse de Deus e que fosse o Messias?

- No desânimo que sentiram, mantiveram-se unidos ou, pelo contrário, fugiram cada um para seu lado?

- O que foi preciso para que começassem a sentir que Jesus continuava com eles, ainda que de uma maneira nova?

- Depois de perceberem que Jesus estava com eles, tudo ficou na mesma ou alguma coisa mudou?

- Assim como os discípulos reunidos se aperceberam que tinham recebido muito de Jesus, também nós nos vamos apercebendo de muitas coisas que recebemos de Jesus, não?

- Em Jesus o que recebemos?

- Se recebemos o Espírito Santo, que moldou e inspirou a Vida de Jesus, tornando-a totalmente ao jeito de Deus, Ele também nos molda a nós?

- Será que o Espírito Santo nos une a Cristo fazendo Dele a Cabeça do Corpo a que pertencemos?

- Será que eu posso deixar a minha cabeça em casa e trazer só o resto do corpo para aqui?

- Será que eu posso enviar a minha cabeça sozinha a efectuar uma tarefa ou missão?

- Então somos enviados a fazer o mesmo que a Cabeça deste Corpo que formamos?

 

SOMOS ENVIADOS A...

 

 

Porque a catequese conjunta não acabou hoje de manhã, deixo a todos o desafio de a continuarmos aqui, usando aquele sitiozinho abaixo que diz "Comentar".

No fundo, partilharmos palavras, para, descobrindo quem somos e ao que estamos chamados, nos fazermos ao Caminho.



publicado por Micaela Madureira às 16:10 | link do post | comentar

mais sobre mim
Contacta-nos!
Centro.Catequese.Sto.Afonso@Gmail.com
Também podes encontrar-nos aqui:

Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

Hoje, começa uma nova era

Ser próximo é fazer-se pr...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Natal - Dia 26

Advento - Dia 25

Advento - Dia 24

links
arquivos

Junho 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

1.º volume (2014/15)

2.º volume (2014/15)

3.º volume (2014/15)

acção de graças

aniversários

boas notícias da semana

catequeses conjuntas

celebrar aqui... ao entardecer

com afonso

desenhos - geral

férias

festas

festival jota

newsletter

profissão de fé

quaresma 2014 - caminhada de oração

retiro

semanário do 1.º volume (2013/2014)

união

via lucis

via lucis 2013

via sacra 2011

via sacra 2012

via sacra 2013

todas as tags

Nº de visitas:
Website counter
subscrever feeds