Terça-feira, 30 de Novembro de 2010

 

Abba,

Lembras-te de uns dias antes de eu fazer o crisma?

Sim, eu pensava que aquela era a minha meta deste caminho.

Mas pensei em toda a minha caminhada e numa catequese diferente que tive, e a conclusão que tirei foi que não podia 

guardar só para mim TANTO sobre ti. TANTO do que fizeste, O quão importante e amigo És!

Decidi que não ia ser egoísta e ficar com tudo isso guardado em gavetas, decidi partilhar tudo isto, que é muito! 

E decidi continuar contigo!

E aqui estou, junto a esta comunidade a passar a tua palavra a estas crianças.

 

Obrigada por me teres aberto esta grande porta!

 

 

 

 

 

Acção de graças                                                                                                                                  



publicado por Marta Lima às 12:35 | link do post | comentar

Segunda-feira, 22 de Novembro de 2010

Abbá, hoje damos-Te graças:

Pelo convite que nos fazes a Seguir-Te,

Pelo nosso grupo de catequese que se disponibiliza a quer saber mais sobre Ti,

Por seres constante descoberta nas nossas Vidas,

Pela nossa família que está sempre disponível para cada um de nos,

Por nos acompanhares e ajudares a crescer,

Por sermos mais e mais a querer descobrir-Te,

E Sobretudo pelo Amor tão grande que tens por cada um de nos,

 

Gostamos muito, muito de Ti, Papá

 

 

 

 

 

2º Volume



publicado por Vânia Pena às 21:38 | link do post | comentar

Domingo, 14 de Novembro de 2010

Deus Pai,

Hoje damos-Te graças pelas nossas Vidas, pelo amor enorme que os nossos Pais sentem por nós, pelo carinho que os nossos familiares e catequistas nos dão e pela amizade e partilha dos nossos amigos.

Agradecemos-Te porque nos ensinas que caminhar contigo não é a escolha mais fácil, mas é, sem dúvida, a melhor que podemos tomar.

Obrigado porque contigo crescemos felizes!

 

4º Volume

 

 

 

 



publicado por Ana Montenegro às 15:08 | link do post | comentar

Quinta-feira, 11 de Novembro de 2010

Enquanto "surfava" pela internet encontrei esta imagem num contexto de catequese espanhola.. Associei-o, de imediato, ao logo do nosso centro de catequese, por causa do altifalante e do triângulo como símbolo de Deus. A ideia que, então, me veio à cabeça foi: a linguagem de Deus é mesmo universal, não distingue ninguém, no fundo, é a linguagem do Amor. Há linguagem mais universal que a linguagem do Amor?

 

 

 

 



publicado por Ana Montenegro às 18:45 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Terça-feira, 9 de Novembro de 2010

Olá Comunidade! =)

 

Esta semana juntamo-nos todos para a primeira catequese conjunta deste ano. Não querendo já definir com todas as letras o tema do nosso ano, ficamos a saber que este ano será dedicado ao acontecimento mais importante da História da Humanidade. Ainda se lembram qual é?...claro, é Jesus! Esse Jesus que construiu uma História de Vida muito bonita, que ainda hoje inspira muitos corações da mesma forma que inspirou o coração dos que o seguiam. Esse Jesus considerado o Messias, o Salvador, que arrastava multidões, capaz de pacificar os corações mais inquietos e tristes.

 

Esse Jesus capaz de grandes proezas, contudo era pobre, despojado de qualquer bem, tendo como único poder o Amor que transbordava do seu coração em palavras e gestos. Esse Jesus que muitos esperavam que fosse um poderoso rei, que trouxesse um exército atrás de si, outros que fosse um mago poderosíssimo, capaz de desafiar as leis da natureza , outros ainda, provavelmente, que fosse um grande político ou sacerdote que rapidamente assumisse posições mais relevantes que um simples peregrino sem-abrigo, mas que no fim acabou por morrer uma morte reservada aos piores bandidos e traidores, abandonado por aqueles que tanto amava.

E os seus discípulos, que deixaram tudo para trás para o seguir, que JUNTOS caminharam com Ele, que JUNTOS partilharam a sua vida com Ele, que JUNTOS acreditavam que Ele iria ser um dia rei? A esses discípulos foi como se lhes tirassem o tapete debaixo dos pés. Foi quando então que se  SEPARARAM, apoderando-se deles o desânimo, a tristeza e o medo. Desanimados por acharem que tudo o que tinham vivido terminara em nada; tristes por verem o seu Mestre, o seu Amigo morrer assim, como um dos piores pecadores; amedrontados pela ideia de que iriam ser perseguidos e morreriam de igual forma por O terem seguido.

Quando se opta pelo isolamento, pela solidão, é fácil sentirmo-nos desorientados, desanimados, tristes, com medo... Nós não somos seres que se dão bem com a solidão. Nem nós, nem o nosso Deus. Sendo Ele um Deus Amor, é um Deus que está vivo nas relações amorosas que estabelecemos com os nossos amigos, familiares, namorados(as), maridos(mulheres), etc.  É sabendo que temos quem amar e quem nos ame que encontramos força, sentido e certeza. Esse é o verdadeiro poder de Deus.

 

Mas o que aconteceu ao certo aos discípulos? Porque viam eles um futuro rei, homem de poder, revolucionário extremista, num homem que nunca pretendeu sê-lo, nunca disse pretender sê-lo, num simples caminhante que confiava apenas no poder da Fé no Amor? Isso aconteceu porque os discípulos, erraram ao verem Jesus como gostavam que ele fosse, esperando dele algo que Ele não era, interpretando aquele Messias à sua maneira. Que cegos estavam. Ou poderemos dizer que cegos estamos? Será que não vemos os outros muitas vezes assim, da maneira como gostaríamos que fossem, esperando coisas deles que não são deles? Há pelo menos uma pessoa(ou melhor dizendo, três) que de certeza já nos aturou esse tipo de atitude muitas vezes...Deus. Quantas vezes transformamos na nossa cabeça o nosso Deus Amor que não é senão Amor, num Deus médico que vai curar as doenças dos que gostamos, num Deus conselheiro sentimental, que vai resolver todos os problemas que temos com os que amamos, num Deus intermediário, que ajuda os mais pobres pela nossa vez, e em tantos outros deuses deste género. Gostava que começássemos todos a ver Deus como Ele é. Amor. Um Deus que só pode o que o Amor pode, e portanto um Deus que não pode tudo. Um Deus que vive no próximo. Que nos dá força, que nos anima, que nos dá a ferramenta, mas que não faz por nossa vez. Para começarmos a vê-lo desse jeito podemos começar por fazê-lo com as pessoas que fazem parte da nossa vida, vendo-as como elas verdadeiramente são. Vamos a isso? ;)

 

 

 

 



publicado por Ricardo Silva às 13:33 | link do post | comentar

mais sobre mim
Contacta-nos!
Centro.Catequese.Sto.Afonso@Gmail.com
Também podes encontrar-nos aqui:

Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

Hoje, começa uma nova era

Ser próximo é fazer-se pr...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Caminhada de Natal - Dia ...

Natal - Dia 26

Advento - Dia 25

Advento - Dia 24

links
arquivos

Junho 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

1.º volume (2014/15)

2.º volume (2014/15)

3.º volume (2014/15)

acção de graças

aniversários

boas notícias da semana

catequeses conjuntas

celebrar aqui... ao entardecer

com afonso

desenhos - geral

férias

festas

festival jota

newsletter

profissão de fé

quaresma 2014 - caminhada de oração

retiro

semanário do 1.º volume (2013/2014)

união

via lucis

via lucis 2013

via sacra 2011

via sacra 2012

via sacra 2013

todas as tags

Nº de visitas:
Website counter
subscrever feeds